Arquivo da categoria: Pérolas de Mariana

Palhacinha

Adoro quando Mari chega da escola “fantasiada” de alguma coisa.

Ela fica toda feliz me mostrando sua fantasia e entra no personagem do dia.

Olhem minha palhacinha no dia do circo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Mariana, Pérolas de Mariana

Mari e seus cabelos

Estou com tantas coisas para registrar aqui no blog, mas ou me falta tempo quando estou inspirada ou me falta inspiração quando tenho tempo de escrever. Vai tentar entender uma grávida de 36 semanas prestes a parir? Desista!

Só não podia deixar de falar do novo visual da filha número um. Depois de muito argumentar para convencê-la a cortar os cabelos, eu consegui fazer com que ela ficasse me pedindo para fazer o corte logo. Ela estava dizendo que queria ficar com os cabelos da Rapunzel, mas depois de assistir “Enrolados” uma centena de vezes (já sei todos os diálogos do filme) e saber que até a Rapunzel corta os cabelos, ela se convenceu de que era melhor.

O cabelo dela estava lindo, mas uma criança de quase cinco anos com aquele cabelão todo não estava legal, não estava combinando. Sem contar o fato de que ela odeia pentear os cabelos. Todas as vezes que eu aparecia com o pente, ela me fazia parecer uma bruxa querendo maltratá-la. Ah, se ela tivesse os cabelos enrolados como os meus, iria sofrer ao cubo. Eu sou super paciente, penteio os cabelos dela devagar, desembaraçando com cuidado, tudo para que ela não sofra. Lembro quando minha mãe penteava os meus cabelos super embaraçados sem paciência ou cuidado algum, era a morte! Mesmo eu tendo cuidado e paciência, os escândalos na hora do pente eram insuportáveis. Então decretei se não quer cuidar do cabelo comprido, então fique com ele curto. Eu a convenci de que quando ela crescer e souber cuidar dos próprios cabelos, ela pode ter os cabelos do tamanho que quiser.

No último mês ela começou a pedir pelo corte, eu fui segurando até ter certeza de que era isso mesmo que ela queria. Até que no último sábado fomos visitar a tia da tesoura e o resultado foi maravilhoso. Ela adorou e o pai dela também. Eu fiquei feliz em saber que fiz o melhor pra ela nesse momento. Agora ela vive balançando a cabeça de um lado para o outro, feliz com a liberdade que o seu novo corte trouxe. A hora do pente não é mais um pesadelo e ela tem penteado os cabelos sozinha, liberdade pura!

Olhem o resultado:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pérolas da Mari:

Quando voltamos para casa ela me disse:

Mãe escreve no facebook – Mari cortou os cabelos e ficou linda!

Super modesta essa minha filha. kkkkkkkkk

5 Comentários

Arquivado em Mariana, Pérolas de Mariana

O sonho dela

Conversando com o papai, Mari vira e diz:

– Meu sonho ainda não se realizou, só vai realizar quando a Juju nascer.

O pai pergunta:

– Qual o seu sonho?

– Meu sonho é a Juju! – ela responde.

Tem como não morrer de amor?

4 Comentários

Arquivado em Juliana, Pérolas de Mariana

Só pra registrar

Passando rapidinho só pra registrar o que Mari acabou de me dizer. Nós continuamos na trupe da faxina por aqui, ontem eram meia noite e Cris estava limpando e arrumando os armários da cozinha e hoje já levantamos da cama continuando nas arrumações.

Mari olha pra mim e diz:

– Mãe, ainda bem que você tem uma família, né?

– É filha, por quê?

– Porque assim a gente pode te ajudar. Imagina se você não tivesse família e ficasse grávida?! Não teria ninguém pra ajudar você!

– Tem razão filha, ainda bem que eu tenho família. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

3 Comentários

Arquivado em Pérolas de Mariana

Dia das mães

Meu dia das mães foi para descansar da semana corrida que tivemos por conta do aniversário da Mari. Esse ano eu não ganhei presentes, com as contas apertadas, ficamos somente nas homenagens mesmo. Mas mesmo assim ainda vieram algumas surpresinhas da escola e da igreja.

A homenagem da escola foi emocionante, Mari cantou e dançou a coreografia toda, toda feliz por estar me homenageando. A música que ela ia cantar eu já sabia, porque minha gatinha não aguentou segurar o segredo. Ela chegou um dia da escola e disse:

– Mãe eu não posso te dizer à música que eu vou cantar pra você.

– Tudo bem filha, não precisa dizer.

Alguns minutos depois:

– Mãe, a música é bonita, você vai gostar.

– Eu tenho certeza que vou gostar filha.

Ela foi pro quarto e voltou minutos depois cantando e dançando:

– Nem o sol, nem o mar, nem o brilho das estrelas…

Eu ri muito.

Mas mesmo já sabendo a musica e coreografia, foi demais ver minha filhota toda empenhada em fazer o melhor pra mim.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na igreja também tivemos uma apresentação e Mari cantou com as outras crianças a música “Mãe” do Voices. Também ganhei mimos, bombons e uma bolsa.

O mais engraçado é que depois do dia das mães, todos os dias a Mari diz pra mim:

“Feliz dia das mães”

Afinal sou mãe todo dia, então todos os dias deve ser felizes, essa minha filha sabe tudo mesmo!

1 comentário

Arquivado em Eu, Mariana, Momentos especiais, Padecendo no paraíso, Pérolas de Mariana

Pérolas da Mari

Sexta-feira na locadora:

– Mãe, eu quero levar esse DVD aqui.

– Filha, Scooby-doo tem fantasmas e você vai ficar com medo.

– Eu fecho os olhos mãe!

kkkkkkkkkkkkkkkkkk, a moça da locadora riu tanto do jeito que ela falou, é claro que ela continua brava quando eu dou risada das coisas que ela fala.

*******

Ontem à noite eu estava tirando roupas do varal e ela me ajudando pegando os pregadores, aí viu a toalha da moranguinho e falou:

– Mãe, hoje eu me enxuguei com a toalha da Isabella (outra menininha da creche), porque você esqueceu de mandar a minha toalha, você sempre esquece alguma coisa. (Jura que ela com 4 anos já percebeu isso?)

– É filha, acho melhor você trocar de mãe, já que a sua é muito esquecida. (Chantagem emocional: chamem o conselho tutelar)

– Não mãe (cara de entediada), eu não preciso trocar de mãe, é só você não esquecer as coisas, tá bom?! (Ela me olhou como se eu fosse à criança de quatro anos, juro!)

3 Comentários

Arquivado em Pérolas de Mariana

Dear Mari

Oi Filha,

Você está perto de completar os seus quatro anos, então estou escrevendo para contar o que anda acontecendo em sua vidinha nesse momento. Dessa vez nem vou ficar enchendo sua bola, dizendo o quanto você é maravilhosa e linda, porque isso você já sabe que é, mas vou falar de algumas coisinhas chatas que você anda aprontando.

Já ouviu dizer que filho criado o trabalho é dobrado? Essa é uma expressão muito usada pelas vovós e mamães mais experientes e agora como já estou ficando uma mamãe experiente, vou usar essa expressão também. Cada dia que passa parece que o trabalho aumenta, quando mais você cresce e aprende sobre tudo, mas trabalho você dá para a mamãe. Olha que eu achava cansativo amamentar e trocar fraldas, eu era feliz e não sabia *risos*.

Você anda tão geniosa e querendo ser dona do nariz, que me deixa de cabelos brancos. É um tal de “Eu não quero isso” ou “Não vou fazer aquilo”, que me deixa tão estressada, cansa viu? Como cansa! Acaba acontecendo de eu ter que brigar com você o tempo todo, colocar de castigo, tirar as coisas que você gosta tudo para conseguir domar o seu gênio. Tem horas que consigo, tem horas que não.

Engraçado que eu tinha elogiado você para o seu pai durante a viagem que fizemos para Itaperuna, disse a ele o quanto você estava obediente e disciplinada. Parece que você ouviu e para me contradizer começou a fazer tudo ao contrário, ficando muito birrenta e chorona. Chora por tudo, um saco!

Agora para conseguir fazer você me ouvir, eu te coloco para pensar, você fica lá chorando e gritando, tentando de todas as formas chamar a minha atenção e eu só te atendo quando você finalmente para de chorar e começa a ouvir. Mas você tem percebido que chorar e gritar não vai resolver muitas coisas, outro dia você começou a chorar sem motivos, eu te repreendi e você olhou pra mim e disse: “Já sei mãe, nessa casa não tem espaço pra pirraça, só pra conversa”. Acabou gravando de tanto que eu te falo isso.

Nós duas estamos aprendendo a negociar em tudo, você cede de um lado e a mamãe cede de outro e assim vamos nos entendendo. Educar é muito difícil, você vai ter ideia disso quando tiver seus filhos (agora tô parecendo minha mãe falando comigo). É filha a idade vai chegando e a gente vai vendo que infelizmente não dá pra ser criança a vida inteira, como eu queria ter meus pais me corrigindo nos meus erros, hoje se eu erro arco que as consequências sozinha e vai ser assim pra você também, então aproveita enquanto você mora comigo e eu posso te corrigir nos seus erros.

Só pra você não ficar triste com essa cartinha, a mamãe, apesar de cansada, está adorando ver você crescer essa menininha cheia de personalidade. Você continua encantadora, inteligente e muito engraçada (apesar de você hoje não gostar de ser engraçada).

Na escola você tem se desenvolvido tão bem, agora você sempre volta com dever de casa e é uma alegria fazer os deveres com você. Tem se mostrado cada vez mais curiosa. Ontem, enquanto fazíamos o dever, você disse assim: “Mãe, cachorro começa com k, né?” Eu respondi que não que cachorro começava com “c”. Você olhou pra mim séria e disse: “Não mãe é com k: k – cho – rro”. Achei tão interessante essa coisa de ligar as letras ao som que elas fazem, comentei com sua professora e ela ficou empolgada com isso, sinal de que você tem prestado muita atenção às letras e aos sons delas. Outra coisa que me lembro agora, foi de estarmos procurando figuras que começassem com a letra “a”, você viu a maçã e falou pra mim: “Aqui mãe a “apple” começa com “A”.” No desenho da maçã não estava escrito apple, mas você se lembrou de como era a escrita em inglês.

Viu só como você além de birrenta e geniosa também é curiosa e inteligente. Sem falar o quanto você é linda, mas aí já estou ficando redundante demais, hehehehe

Te amo filha! Mesmo que às vezes eu tenha vontade de fugir pra outro planeta, eu continuo te amando.

2 Comentários

Arquivado em Mariana, Padecendo no paraíso, Pérolas de Mariana