Almoço de domingo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tem coisa melhor que amigos reunidos num almoço de domingo?

Cardápio: Arroz branco e polpettone.
Sobremesa: Banana caramelada com sorvete de creme.

1 comentário

Arquivado em Amigos

Fina Flor

Sábado (16/06/12) recebemos uma visita muito legal por aqui, a Ju do blog Fina Flor, que veio conhecer a sua xará. Passamos um dia cheio de papo bom e comida boa. Ju adorei! Venha mais vezes, beijoooos!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Amigos

Perguntinha ingrata

Quando engravidei novamente sabia que crises de ciúmes aconteceriam, mas na minha inocência achei que seria mais pra frente, tipo na adolescência. Me enganei, Mari está bem enciumada, uns dias mais, outros dias menos. Eu tento entender, afinal por quase cinco anos ela foi filha única, exclusiva, tudo era dela e para ela.

Engraçado que o ciúmes dela não é propriamente da irmã, ela tem ciúmes de mim. Eu já tinha percebido isso, principalmente com o pai, sempre que ele se aproxima de mim, tentando conversar, ou ficar abraçadinho, ela sempre arruma um jeito de chamar a atenção para ela. Mas como adultos sempre direcionamos a atenção dela para outras coisas, evitando um confronto e na maioria das vezes deu certo.

Agora com um bebê envolvido no esquema a situação mudou totalmente, mesmo porque bebês são tão fofinhos e mais um monte de outros “inhos” que fica difícil administrar o ciúmes de uma menina crescida, que continua tendo a minha atenção, mas agora não mais 100%.

Eis que hoje surgiu a pergunta:

Mãe, você gosta mais de quem? De mim ou da Juju?

Eu amo as duas igualmente. – eu respondi.

Não mãe, eu quero saber quem você ama mais? Só pode escolher uma!

É claro que eu reafirmei que amo as duas do mesmo jeito, enumerando as infinitas qualidades dela. Mas realmente eu achei que essa perguntinha ingrata surgiria somente daqui a alguns anos. Isso tudo é difícil para mim, porque eu não sou ciumenta, nunca fui, não está na minha personalidade, então é complicado entender o que ela sente, já que não é um sentimento que fez parte da minha vida. E olha que eu tive três irmãos, sempre os amei e ponto final. Nunca tive a sensação de estar perdendo atenção, porque meu irmão existia e ainda não sei lidar com esse sentimento da Mari.

Na maioria das vezes acabo repreendo as atitudes dela e acredito que isso esteja mais prejudicando, que ajudando. Acho que reconhecer isso já é um grande passo para mudar e agir diferente. Alguma ideia?

4 Comentários

Arquivado em Trocando experiências

Obrigada, Senhor!

Eu tenho tanto o que agradecer a Ti. As palavras até parecem mera formalidade diante a gratidão que trago em meu coração. Várias vezes eu te disse que não queria crescer, que estava doendo ser adulta, mas Tu sabes que isso passou. Hoje me reconheço como a adulta que Tu formaste, aceito essa realidade com um sorriso bobo nos lábios. Simplesmente porque sei que em Teus braços posso ser aquela mesma menininha. Tu tens confiado a mim tantas coisas, e hoje sei reconhecer quão insegura eu era por achar que não dava conta, mas o tempo todo o Senhor sabia que eu era capaz! Tu és o meu maior incentivador! Eu te amo!

Perdoe-me se em muitos momentos eu quis desistir de tudo, se eu não quis aceitar o que me oferecia, mas principalmente me perdoe pela minha incredulidade quando Tu me dizias que tudo daria certo. Hoje eu acredito! Acredito que tudo o que tenho passado é aprendizado que o Senhor, como o meu bom Mestre, tem ensinado. Acredito quando me diz que agora é a hora de plantar, estou aprendendo como é semear, a escolher o bom solo, separar as boas sementes, regar com a quantidade certa de água. Também estou aprendendo a usar os olhos da fé para enxergar a colheita, sei que ainda não é a hora de colher, mas já consigo me alegrar ao vislumbrar o futuro próximo.

É Papai, sua filha, muitas vezes tão impulsiva e negativa, está aprendendo. Ela já sabe que é melhor obedecer do que sacrificar e não dói mais crescer, agora é prazeroso crescer. Pois, o meu crescimento está em Ti. Obrigada, Senhor!

1 comentário

Arquivado em

Dia das Mães

Esse foi meu primeiro dia das Mães como mamãe de duas princesas. Muita alegria no coração!

Como todo ano tem a apresentação da escola, e Mari me enganou direitinho esse ano, as professoras estão espertas. Mari chegou em casa cantando a música da abertura da novela das nove, até fiz esse vídeo dela:

Mas a apresentação verdadeira foi com outra música:

E as fotinhos da apresentação:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O caderninho de receitas que a Mari me deu, já está com muitas receitinhas gostosas anotadas e nós duas estamos fazendo várias coisinhas gostosas. Mas vou anotar a primeira receita que já veio no meu caderninho:

Bolo da mamãe

10 colheres de Paciência
2 xícaras de Humildade
1 pitada de Carinho
1 kg de Amor
Junte tudo e coloque no caldeirão da , polvilhado com Razão e Conhecimento. Depois, leve ao fogo brando do Coração e deixe cozinhar etermente.
Com Persistência, você conseguirá realizar esta receita e provará um delicioso sabor de:
Felicidade“.

Muito fofo né? Sou mesmo uma mamãe muito abençoada!

Deixe um comentário

Arquivado em Eu, Momentos especiais

2 meses da Juju

Juju hoje completam dois meses que você deixou o conforto (ou aperto, depende do ponto de vista) do barrigão. Parabéns filha! Você segue super saudável e esbanjando charme.

Vamos aos pontinhos do desenvolvimento:

  • Resposta ativa ao contato social (emite sons como se estivesse “conversando” quando estimulada);
  • Segura objetos por alguns segundos;
  • Emite sons (gugu, eeee, aaaaa, etc);
  • Pesa 5,500K e mede 56,5cm.

Cada dia que passa você parece mais esperta e atenta ao mundo a sua volta. Já sai para passear e fica quietinha no bebê conforto. Fica mais agitadinha nos dias que ficamos muito tempo longe de casa, mas não fica chorona. Aliás, continua sendo bem difícil ouvir seu choro. Tanto que nos deu um susto na casa da vovó, quando começou a chorar sem parar, ficamos sem saber o que fazer, já que em casa você praticamente não chora.

Você também é bem dorminhoca, dorme muito bem durante o dia e ainda dorme a noite toda, mama por volta de dez horas da noite e depois só acorda para mamar, às sete horas do dia seguinte. Isso é o sonho de toda mamãe e você realiza para mim. É claro que eu não posso reclamar, porque sua irmã também dormia a noite toda, mas eu morria de medo que você desse trabalho a noite, graças a Deus não preciso mais ter medo.🙂

Filhinha ter você aqui tem sido cada dia mais maravilhoso. Agradeço muito a Papai do Céu por ter confiado a mim mais uma joia preciosa do seu reino! Eu já nem me lembro mais como era antes de você, a sensação que eu tenho é que você esteve o tempo todo aqui.

Te amamos muito!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Juliana, Momentos especiais

1 mês da Juju

Juju, minha linda, agora você já tem um mês. Passada a fase de adaptação já termos bastante percepção sobre a sua chegada. Primeiro vou falar do seu desenvolvimento.

Com um mês você corresponde a tudo o que se espera de um bebê na sua idade:

  • Postura: barriga para cima, pernas e braços fletidos, cabeça lateralizada;
  • Observa nosso rosto;
  • Reage aos sons;
  • Eleva a cabeça quando colocada de bruço;
  • Sorri quando estimulada;
  • Abre as mãos espontaneamente;
  • Emite sons;
  • Movimenta ativamento os membros superiores e inferiores;
  • Pesa 4,500K e mede 55,5cm (dentro da curva ideal).

O melhor de tudo (pelo menos para a mamãe) é que você já dorme a noite toda! Posso soltar fogos de artifício? Você é tão calminha, e posso estar afirmando isso cedo demais, mas acredito que você tem mais da minha personalidade do que da do seu pai. Ele é bem mais agitado que eu, mamãe é mais tranquila e você parece estar no ritmo da mamãe. Já que sua irmã é agitada como o papai, nada melhor que você seja mais calma como a mamãe.

Como um bebê de um mês, você quase não dá me dá trabalho. É só o normal mesmo, trocar fralda, dar banho e amamentar. Ouvir o seu chorinho é coisa raríssima. O frequente são seus sorrisinhos, cheios de charme. Por falar em charme, minha filha você é muito charmosa. Cheia de pose, nos encanta o tempo todo!

E posso te contar um segredo? Eu sou muito mais feliz depois que você chegou! Quando alguém me pergunta sobre você, um sorriso logo brota nos meus lábios.😉

Sua irmã também está super feliz com você, apesar de estar enciumada. Mas você tem uma certa preferência por ela, e foi para ela o seu primeiro sorriso.

Que bom que você chegou para aumentar a nossa família, em tamanho e em amor, nós todos estamos muito felizes por termos o privilégio de te ter.

Te amo tanto filhinha! Parabéns pelo seu primeiro mês de vida!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Juliana, Momentos especiais