Aconteceu comigo…

… mas poderia ter acontecido com você.

Vou contar aqui uma coisa muito chata que aconteceu comigo e que envolveram outras pessoas, foi um fato muito desagradável e que me fez repensar muitas coisas.

Eu sempre disse que amo a internet, as pessoas que conheci na internet, que conheci meu marido na internet, que tenho um verdadeiro caso de amor que esse mundo virtual. Mas também sempre soube de que coisas muito ruins acontecem no mundo virtual e aconteceu comigo.

A Cíntia é uma grande amiga que conheci nesse mundo virtual e bloguístico. Assim como ela eu tenho outras grandes amigas que conheci da mesma forma. Isso é bem legal! Eu e a Cíntia conversamos muito, sobre uma série de coisas e somos duas pessoas que estão aprendendo a escrever histórias, esse fato nos aproxima ainda mais.

Ambas queremos publicar os nossos livros, isso é um sonho, mas a gente corre atrás. Estamos sempre trocando informações sobre editoras, gráficas, ela descobre alguma coisa legal e me passa pra eu ver, eu descubro algo legal e passo pra ela. Nós duas lemos muito (ela bem mais do que eu) e sempre trocamos muitas e muitas informações e opiniões sobre os livros que estamos lendo.

Há um tempo, ela me perguntou sobre um livro, porque sabia que eu já tinha comprado e lido. Eu falei sobre o livro para ela, tudo o que eu tinha achado: que a história era ótima, que eu tinha gostado muito, é uma história emocionante e tocante. Mas também falei que o livro estava com algumas falhas técnicas: erros de português, que eram erros bobos. Falei isso porque eu conheço a Cíntia e sei que ela é muito crítica quanto a isso. Ela sempre pega no pé das editoras por causa de erros de português, ainda mais quando são errinhos tolos. Comentamos nessa conversa exatamente sobre isso: a falta de cuidado da editora com os livros, ainda mais quando os livros são pagos pelos autores e no preço está inclusão revisão do texto.

Passado a nossa conversa, a Cíntia adquiriu o livro, incentivada pelo que eu falei a respeito da história, que é linda! Não retiro isso em hipótese nenhuma. A Cíntia começou a ler o livro e começou a achar os tais erros que eu tinha alertado, comentando no twitter:
@cintiamcr: Amo livros cheios de erros, nossa “legau de mais”. Afe!

Eu não tinha me ligado que livro era e perguntei:
@monalisacris: quem escreveu isso?

Iniciamos uma conversa por twitter, já que a Cíntia não pode usar MSN no trabalho dela, e nesse horário ela estava no trabalho:

@cintiamcr: não, isso foi só zuação. O livro vc sabe qual é.
@monalisacris: ah sei sim! hehehehe, bem que eu te avisei!
@cintiamcr: mesmo tendo sido avisada, não esperava que fossem tantos assim 😦
@monalisacris: o problema é que são erros tão bobos, que qualquer word faria a correção. Uma pena!
@cintiamcr: Verdade, achei muita falta de cuidado da editora, parece que nem foi revisado.
@monalisacris: o problema é que ela pagou!
@cintiamcr: fica a dica pra nós, né? Muita propaganda + capa chamativa, acabou decepcionando.

Essa foi à conversa que tivemos via twitter e que deixou uma pessoa chateada, que foi a autora do livro. Em todo momento, eu e a Cíntia tivemos o cuidado de não dizer o nome da autora e nem o nome da editora. Essa conversa aconteceu por causa de outras conversas anteriores a essa a respeito do mesmo assunto. Existe uma grande quantidade de livro que tem o mesmo problema do livro que estava na conversa, que somente eu e a Cíntia sabíamos qual era. A autora do livro percebeu que se tratava do livro dela e pescou todas as palavras críticas em relação à sua obra. Ela não tinha conhecimento dos elogios que foram dados ao seu livro. Eu não vou falar qual livro é, nem o nome da autora e nem o nome da editora.

Você deve estar se perguntando por que eu estou postando isso aqui, depois do fato acontecido e passado? Estou escrevendo esse texto somente agora, porque eu já digeri a história. Eu tenho tendência de ser muito impulsiva e exagerada, isso faz parte do meu temperamento, algo que estou tentando controlar. É claro que nem sempre eu consigo, mas sigo em constante treinamento. No mesmo dia eu postei no twitter isso:

Realmente eu estou triste! Mto chato que nossas palavras sejam jogadas assim.
Hj a @cintiamcr fez um comentário, sobre um livro que eu já tinha conversado com ela. Um livro excelente, uma história linda!
Mas essa parte ficou de fora, e só entraram as coisinhas chatinhas, mas que fazem parte também de uma publicação.
Ainda mais que foi um serviço pago, não foi nada de graça, um pouquinho de cuidado e isso não teria acontecido.
Mas isso não é problema meu, porque eu retive o que foi bom no que eu li.
Só fico triste mesmo por saber que alguém se magoou com o que eu falei/escrevi.
Por isso peço desculpas e não vou falar mais nada sobre isso. Internet pra mim é pra coisas boas…
…se for pra me trazer transtornos eu excluo tudo e continuo a minha vida.

Eu sei que disse que não iria mais falar sobre esse assunto, mas estou voltando atrás e falando. 140 caracteres do twitter me interpretaram mal. E como eu já disse, uma pessoa que eu admiro muito ficou magoada comigo. Eu já li e reli o que eu disse e escrevi e ainda não achei onde foi o meu erro, duas amigas que acompanharam a história, me disseram que eu não disse nada demais, foi só a minha opinião e que minha opinião deveria ser respeitada, assim como eu respeito à opinião alheia. Talvez algum dia eu veja onde eu errei, porque até agora eu só sei que fui taxada de “maliciosa”. Eu que procuro sempre ver o lado bom das pessoas, das coisas e das situações, fui acusada de ser “maliciosa”. Então, acho que esse texto é mais um desabafo, um direito de resposta que eu tenho e por isso estou escrevendo, ficar com isso entalado na garganta estava me fazendo mal, eu tinha que colocar para fora.

A autora do livro em questão, eu peço desculpas se eu a fiz se sentir ofendida. Eu não vou devolver o seu livro e ter o meu dinheiro de volta, porque eu realmente gostei do seu livro, sua história é linda e eu me identifico muito com ela. Já emprestei o livro para três pessoas, que leram e gostaram tanto quanto eu. Digo à você que a crítica que fiz não foi para você e sim para a editora que você escolheu. A editora foi paga para efetuar um trabalho (veja bem trabalho, isso não tem nada a ver com a “unção” ou com “edificação”) e a editora não fez direito. O livro possui erros que como eu disse no meu twitter, qualquer word faria a correção e você pagou por uma revisão que não aconteceu. Concordo que você fique chateada, por seu “filho” (um livro nosso é como um filho) estar com certos “problemas”, mas não é de mim que você deve cobrar e sim de quem recebeu por isso. Sei que você vai passar isso para a editora, assim como você faz com tudo que diz respeito ao seu livro, então digo à editora que eu não pagaria para fazer um trabalho com eles, e que se alguém que eu conheço estiver procurando uma editora para publicar o seu livro eu não os indico em hipótese nenhuma.

Aos leitores desse blog eu peço desculpas por escrever sobre esse assunto tão chato, por favor, não me peçam para dar nomes aos bois, porque eu não darei. Só digo a vocês para que fiquem atentos ao que escrevem e publicam nas redes sociais, porque assim como isso aconteceu comigo e fui taxada de “maliciosa” pode acontecer com vocês. Eu espero sinceramente que não aconteça, porque esse mundo virtual é tão legal, mas de vez em quando tem pedras no caminho. Num primeiro momento eu achei melhor desviar e seguir meu caminho, mas lá na frente essa pedra poderia aparecer novamente, então é melhor retirar a pedra de uma vez por todas. Eu achei melhor fazer isso aqui, onde eu tenho o meu direito de resposta.

Ah, só mais uma coisa. Eu não citei Deus em nenhum momento desse texto, porque existem problemas que nós mesmos criamos e que temos condições de resolvermos sozinhos, sem chamarmos pelo nome dEle em vão.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Blogosfera

7 Respostas para “Aconteceu comigo…

  1. elegância , teu nome é Monalisa!!

    Sou sua fã, mona!!

    Vou copiar o último parágraofo pra colar no teto e não esquecer ! hehehe

  2. Amiga, sei que vc jamais seria maliciosa! Me desculpe, mas, como pode ser autora se não sabe interpretar as coisas? Eu que não sou leitora de livros, entendi muito bem e vc foi mto clara, que a sua crítica era em cima da editora. Essa autora, com todo o respeito à ela, não poderia estar publicando algo(livro), pq à partir do momento que vc publica algo, abre portas para críticas e tem que ter maturidade para lhe dar com elas, p/ mim ela ainda não estava preparada p/ publicar o livro. Mas, que ela possa refletir melhor sobre isso e alcançar a maturidade, porque talento pelo o que vc falou, ela tem!
    Eu conheço muitas pessoas que tiveram problemas no mundo virtual, procuro tomar cuidado, mas, tenho a consciência que corro o risco de ter, pq exponho mto a minha vida, mas, graças à Deus não tive e espero que continue td tranquilo na minha vida virtual!

  3. Manu

    amiga, eu te admiro sabia?!

    e voce nem imagina o quanto…

    nada a comentar, voce ja disse tudo…

    bjos

  4. Como eu te disse por e-mail, achei ótimo você ter decidido desabafar e esclarecer as coisas. Não sei se a pessoa verá, mas pelo menos você tentou. Já te falei que tenho o dom de ser mal interpretada, né? Acho que por ser muito sincera e falar as coisas na hora, a maioria das pessoas não está preparada pra receber críticas. Isso é triste, porque em tudo o que fazemos elas vão existir.

    Beijos

  5. Ivinha

    Eu sei muito bem como vc se sente, pois é por causa de interpretações errôneas tive que assassinar meu blog por causa da cidade e ainda corri o risco de ser demitida. E até perdi o gosto por blogar.
    A vida é assim mesmo e vamos aprendendo a jogar. Bjus fica assim não á bom, tudo vai dar certo bjus

  6. Lia

    Mona, quando eu crescer quero ser igual e você!!

    “Ah, só mais uma coisa. Eu não citei Deus em nenhum momento desse texto, porque existem problemas que nós mesmos criamos e que temos condições de resolvermos sozinhos, sem chamarmos pelo nome dEle em vão.”

    Tanta gente deveria aprender a fazer isso!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s