Ponto de decisão – Not Easily Broken

Título no Brasil: Ponto de Decisão
Título Original: Not Easily Broken
País de Origem: EUA
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 99 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Estúdio/Distrib.: Sony Pictures
Direção: Bill Duke

Sinopse: A estrada do amor verdadeiro sempre é esburacada. Pergunte ao Dave (Morris Chestnut) e à Clarice (Taraji P. Henson) Johnson. Depois de muitos anos de casamento, a afeição de um pelo outro está sendo duramente testada pelas reviravoltas da vida. Um acidente de carro obriga a Clarice a suspender temporariamente as suas atividades, e o casal tem que lidar com tentações carnais, problemas financeiros e desafios emocionais que ameaçam o amor que um sente pelo outro. Então, afinal, veem-se obrigados a avaliar se os votos de casamento que fizeram no altar podem ser facilmente quebrados neste filme emocionante baseado no romance de sucesso de T.D. Jakes.

Eu passei pela locadora e trouxe esse filme para casa, sem nunca ter lido nada a respeito, simplesmente porque eu li a sinopse e percebi que era o tipo de filme que eu gosto. Vai, me chamem de louca, mas eu gosto de um bom drama! Fazer o quê? Já que sou totalmente dramática. Também trouxe já sabendo que ia assistir sozinha, pois maridex não gosta de drama, chama ele pra ação, aventura, ficção científica, suspense e até uma comédia romântica, mas drama definitivamente ele não gosta.

O filme começa com o casamento de Dave e Clarisse, uma cerimônia linda! Dave narra rapidamente como conheceu Clarisse na faculdade, suas qualidades e com a conclusão de que fez o que qualquer homem faria quando encontra uma mulher como ela e todos os sonhos que eles querem construir ao longo de suas vidas juntos.

A realidade acaba sendo bem diferente dos seus sonhos, ele é um jogador de beisebol com um futuro promissor, mas acaba tendo uma séria lesão no joelho e tudo vai por água à baixo. Dave se encontra na triste realidade do dia-a-dia, trabalhando em um negócio próprio de construção e reformas, ganhando menos que sua esposa e sendo ridicularizado o tempo todo pela sogra, que se mete no seu casamento sem dó e nem piedade. Mas ele não deixa de lado sua paixão pelo beisebol, ele treina alguns garotos como um trabalho voluntário e incentiva os sonhos desses garotos, mesmo que o sonho dele não tenha se concretizado.

Um dia ele fica até mais tarde com os garotos e chega atrasado para um compromisso da mulher, ela iria receber um prêmio por ser a melhor corretora do ano na empresa que trabalha. Ela fica louca e no caminho até a tal festa, Clarisse vai brigando com Dave o tempo todo, até um carro atravessa um cruzamento os pegando em cheio. Clarisse tem que passar por um cirurgia, ela sai viva do acidente, mas com uma lesão na perna e se não seguir uma séria fisioterapia não poderá voltar a andar.

O acontece em seguida é uma mulher totalmente depressiva, nada do que o marido faça está bom para ela. E para completar a nada mole vida de Dave a sogra ainda se muda de mala e cuia para sua casa. E se as coisas não poderiam ficar piores, ainda aparece uma fisioterapeuta linda e que tem um filho maravilhoso, assim como Dave sempre sonhou em ter e Clarisse nunca quis. Ingredientes perfeitos para uma breve separação.

Eu não vou contar o que acontece a seguir, porque seria um grande spoiler, mas o final é digno de uma salva de palmas. Vou só falar dos pontos que me chamaram atenção no filme:

1-      O filme é narrado por um homem e foi diferente ver as coisas da percepção masculina, em muitos pontos eu concordei com Dave. Não, eu não sou machista. E acho que foi por isso que concordei com ele, pois ele não é machista em nenhum momento. Ao contrário da Clarisse que é totalmente feminista, sua mãe a criou assim e em todos os conselhos que ela dá a Clarisse, ela coloca os pontos feministas, que mulheres devem ser forte e nunca se rebaixarem para um homem. Eu sou totalmente contra todo esse sexismo, seja ele machista ou feminista. Somos seres humanos criados à imagem e semelhança de Deus.

2-      O fato de ter uma terceira pessoa envolvida no casamento de Dave e Clarisse, nesse caso a pessoa envolvida é a mãe de Clarisse. Um casal é formado por duas pessoas e ponto final.

3-      Na cerimônia do casamento de Dave e Clarisse, o pastor usa uma corda como símbolo do cordão de três dobras, enrolando uma sobra nos ombros de Dave, uma dobra nos ombros de Clarisse e deixando a terceira estendida, dizendo que eles devem deixar Deus estar na terceira dobra. Essa simbologia foi muito bem colocada. E quando eles procuram o pastar para um aconselhamento, o pastor os relembra desse fato. Um dia quando Clarisse está sentada sozinha na igreja chorando, o pastor senta-se ao lado dela e pergunta se ela deixou Deus estar na terceira dobra do cordão, ela responde que não.

4-      A fisioterapeuta Julie, uma mulher linda, inteligente, batalhadora e sozinha. Ela é um capítulo a parte no filme, junto com seu filho Bryson, um garoto formidável e eles me arrancaram muitas lágrimas, não posso dizer porque, pois seria spoiler. Mas só de pensar em me colocar no lugar da Julie meu peito dói. Já perceberam que sempre que um casal está em crise aparece alguém como a Julie? Mesmo que em nenhum momento ela tenha tentado separar Dave e Clarisse, ela simplesmente estava ali, com seu sorriso e sua boa conversa. Ela quem ajuda Clarisse a superar a depressão e voltar a andar. Ela quem mostra ao Dave como é bom ter um filho, e ele é louco para ser pai. É assim que as coisas funcionam, ela não quis ser má, nem ele, mas quando as coisas estão ruins, sentimentos não são controlados e o coração do homem é enganoso.

Eu recomendaria esse filme para todos os casais, e fiz maridex assistir e não é que ele gostou! Casamento é coisa séria, apesar do mundo dizer exatamente o contrário. Ah, o filme é cristão. Talvez os solteiros e namorados apaixonadinhos, não entendam como as coisas num casamento podem chegar a tal ponto, afinal o amor é tudo. Eu concordo que o amor seja tudo, mas pessoas são diferentes e pessoas erram, se Deus não estiver no cordão de três dobras, tudo com certeza vai por água a baixo.

Aqui o trailer

Anúncios

12 Comentários

Arquivado em Filmes

12 Respostas para “Ponto de decisão – Not Easily Broken

  1. Monaliiiiiiisa! Que linda história… Eu – ainda – não tenho experiência em estar casada, mas acho que você tem razão em tudo o que disse.

    Ah, eu li a história 1 Malu e Levi, adorei, passei o fds inteiro lembrando. Sabe quando você gosta tanto de uma história que tudo que acontece, pensa “igual no livro ou no filme em que…”.

    Mil beijos

    • simplesmentemonalisa

      Andressa esse filme é bem legal! Logo vc vai estar casadinha e verá como é bom! Apesar das dores, é delicioso!!!
      Eu vi seus comentários durante a leitura. Você me deixou muito feliz com cada comentário!
      Beijos

  2. Manu

    Flor, adoro esse tipo de filme….

    ainda nao tinha ouvido falar, mas vou procurar por aqui….

    que bom ver voce de volta no blog, hehehehe, estava sentindo falta dos seus posts….

    bjos e bom restinho de semana

    • simplesmentemonalisa

      Eu tb gosto desse tipo de filme, acho que sempre aprendemos bastante com eles!
      Acho que voltamos a programação normal do blog, isso aqui me faz muito bem!
      Beijos

      • Manu

        Obaaaa….ja estava sentindo falta de voce aqui flor….hehehehe

        em SP, eu sempre acompanhava uma grande amiga nas sessões de filme desse estilo, era mto bom…heheheh

      • simplesmentemonalisa

        Tô na área, se derrubar é penalty, hehehehehe
        Adoro sessão de filme em casa.
        Beijos

  3. Quero ver, parece ser ótimo =)

    Beijos

    • simplesmentemonalisa

      É ótimo sim Cíntia!
      Indica para seus amigos casados, tenho certeza que eles vão se indentificar bastante com muitas situações.
      Beijos

  4. Alice

    Oieee
    Ai que saudade de tiiiii e aiii que deliciaaaaaaaaaa de historia….
    Eita como é bom ver um filminho ooo eu adoro Só que aqui em casa as coisas andam super ,hiper,mega de correria no ar .Quando eu olho no relogio já são 18:00hs..
    Búaaa e o dia já acabou que eu nem fiz m,etade do que divia fazer….rsrs..Más muito bôa sua recomendação..
    Me passa alguma receitinha para administrar o tempo pois o tempo nao para não para nãoooo…(Me lembrou CAZUZA) rsrs….
    Um beijo saudades vou enviar fotos das minhas pupilinhas para vc dar uma olhada…Ok!
    Beijos,
    Alice

  5. Manu

    hehehe…nao derrubem nao, se nao é perigoso vc ficar contundida e ter que se afastar mais um pouco…hehehehe

    eu tb adooro, embora aqui em Manaus eu nem faça mto isso….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s