“Bateria de escola de samba”

Gentem, dava dando uma olhadinha no meu blog antigo, e quando li esse post me deu uma saudade dessas sensações. Calma, saudade é uma coisas, querer tudo de novo é outra bem diferente, hahahaha. Não estou grávida, e nem penso em outra gravidez nessa vida. E também não acredito em outra vidas. Portanto, Mari é filha única e será assim pelo resto da vida no que depender de mim. Mas, vou reproduzir o texto daquela ocasião aqui, porque é mesmo emocionante.

Post de 10/10/2006

Gentem, sabe bateria de escola de samba, que faz aquele barulhão e contagia, traz alegria, emoção, e deixa a gente com a adrenalina liberada???
Foi assim que me senti escutando o coração do meu baby. Batia tão rápido, num compasso tão gostoso, que me emocionou, me deixou alegre, e me contagiou totalmente. É só eu fechar os olhos que lembro daquele som maravilhoso. É assim que consigo descrever a emoção de escutar pela primeira o coração do meu baby.

Nós fizemos a ultra na semana passada, na quinta-feira. E o paizão foi comigo, e vi os olhos dele brilhando, quando o médico colocou aquele embriãozinho na tela pra gente ver. Nosso filhote já estava com quase 2 cm, medindo da cabeça até o bumbum. Digo estava, pq agora ele já deve estar bem maior, porque já estamos com 9 semanas e 2 dias. O tempo está voando!!! E sinceramente, nesse comecinho eu prefiro que seja assim, porque aí passa logo o medo das doze semanas, que dizem ser as mais complicadinhas.
Mas, falando mais da ultra, o médico mediu tudo, o coração batia a 182 batimentos por minuto, viram como é rápido, o médico falou que é normal, mas agora já vai começar a diminuir. Já vimos os brotinhos dos braços e pernas. É muito lindo ver a vida dentro da sua própria vida. Fica até difícil explicar e descrever, acho que só sentindo, só estando nessa posição é o quanto vemos que é magnífico, Deus realmente faz tudo perfeito.
O médico foi muito atencioso com a gente, perguntou bastante coisas, e respondeu também ao que perguntamos. Mas, eu estava tão extasiada com as imagens que nem perguntei muitas coisas. Mas, não chorei. Segurei firme e me alegrei em saber que meu filhotinho está bem, e se desenvolvendo dentro de mim. A parte engraçada da ultra, mamãe pergunta ao doutor:
– Tem só um bebezinho aí, doutor? – O doutor responde: – Tem só um, por quê? Algum preconceito contra dois? – Mamãe responde: – Ah, o trabalho e os gastos que são dobrados. Papai completa: – Tem muitos gêmeos na família, então está aí a razão do medo.
Doutor, libera um sorriso e fala: – Acho que as pessoas tem preconceito contra gêmeos porque todos pergutam se só um, e quando responde que é, suspiram aliviados. E minha esposa está grávida de gêmeos. Então por isso perguntei o porque do preconceito. Aí, quando mamãe e papai saem do consultório falam: – Coitado do doutor, gêmeos??? É realmente existe preconceito. Hahahahahaha.

Ah, e nós gravamos tudinho, lá ainda não grava em DVD, só em VHS. Aí vamos fazer todas as ultras, e depois passar para DVD. E o ruim também, é que não tem som, então as batidas do coração do filhote vão ficar só na memória do papai e da mamãe. Mas, é inesquecível!!!

No demais também está tudo bem.

Volto depois com mais novidades.

Beijinhos.

Anúncios

6 Comentários

Arquivado em Blog antigo

6 Respostas para ““Bateria de escola de samba”

  1. oi MO,tô aqui sempre,li Manu e Levi,li sobre o maridão e agora acabei de ler sobre os batimentos de Mari.Seu blog me inspira,e me faz crer-ainda mais-na família.
    Venho te deixar um beijo do mais profundo da minha alma,te dizer que sua amizade é preciosíssima,um ganho,que nunca quero perder,passe o tempo que passar,me deixa aí no teu coração,que eu farei o mesmo contigo.Sei tbém da importancia que vc teve na publicação de meu livro,tudo foi tão medonho…ah se não fossem os comentários,e pra pessoas que me fazem bem,tenho memória de elefante(pras que fazem mal tenho amnésia-ou pelo menos prefiro ter).
    Ainda verei vc lançando Malu e Levi,e então poderá contar comigo na divulgação e no apoio,estou passando por um caminho que nunca passei,mas assim que passar por ele,poderei ”mostrar a direção aos amigos”…um outro beijo na alma,Deus te abençoe ,e a sua família infinitamente.
    *Só uma ultima coisa:Dê ao Mestre sempre o trono,e o primeiro lugar…agora vou,até logo!:)

  2. Ah, que lindo esse post! 🙂

    Bjoos!

    • simplesmentemonalisa

      Fê, amo seus comentários aqui!
      E mesmo quase quatro anos depois, eu me lembro de cada detalhe do som do coração da Mari batendo dentro de mim. Por isso é bom escrever, a gente consegue reviver todas as emoções toda vez que lemos o que escrevemos a anos atrás.
      Beijos

  3. cintiamcr

    Não estou grávida, e nem penso em outra gravidez nessa vida. E também não acredito em outra vidas. Portanto, Mari é filha única e será assim pelo resto da vida no que depender de mim. #euri

    O texto é emocionante mesmo.

    Bjos

    • simplesmentemonalisa

      #eutbrialto
      Aliás, ainda estou devendo uma explicação sobre essa declaração, ontem falei por alto no chat, mas vou fazer um post só sobre isso, hahahaha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s